Acusado de assassinar por disputa de ponto de tráfico vai a júri na segunda (21)

A 7ª Vara Criminal de Maceió leva a julgamento, na próxima segunda-feira (21), às 13h, o réu Jorge de Albuquerque Marinho, conhecido como “Jorginho”. Ele é acusado da morte de Rogério Araújo, ocorrida em 2015, na Praia da Pajuçara. A sessão será conduzida pelo juiz Sóstenes Alex Costa de Andrade, titular da unidade.

De acordo com os autos, a vítima foi executada a tiros no dia 9 de setembro. Um dia após o fato, “Jorginho” foi preso na região do Vale do Reginaldo, minutos depois de o seu irmão ter sido assassinado. O crime teria sido uma retaliação pela morte de Rogério Araújo, ocorrida no dia anterior.

Ainda segundo os autos, o projétil retirado do corpo de Rogério Araújo foi disparado pelo revólver encontrado com o réu. O motivo do crime seria a disputa por ponto de tráfico de drogas na Pajuçara.

O réu foi pronunciado em janeiro deste ano e será julgado por homicídio qualificado (motivo torpe). Atualmente, Jorge Marinho está recolhido no sistema prisional.

Ascom – 19/05/2018