Dia de fúria: Galvão Bueno detona Cristiano e Messi e dá bronca em Roger

Galvão Buenotem adotado um tom bastante ácido em seu programa no SporTV. Uma semana depois de criticar Neymar e seus “parças”, o narrador mais famoso do país mirou sua artilharia em Cristiano Ronaldo e Lionel Messi – e também demonstrou irritação com o colega Roger Flores, nesta segunda-feira, durante o Bem, Amigos!.

Logo na abertura do programa, Galvão iniciou um discurso sobre clubes que nunca foram rebaixados no Brasileirão, e pediu ajuda, “caso esquecesse de algum clube”, aos colegas. Roger, no entanto, se antecipou e citou Cruzeiro e Santos antes de Galvão iniciar sua argumentação, o que irritou o apresentador do programa.

“Deixa eu falar, e você me ajuda se eu falhar. Deixa eu dizer primeiro e se eu falhar você fala ‘tem esse!’, tá bom? E boa noite, Roger”, cravou, com ironia. Ao longo do programa, no entanto, o narrador e o ex-jogador se comunicaram normalmente e até fizeram uma aposta amigável – Roger disse que Messi voltará a ganhar o prêmio de melhor do mundo e Galvão discordou.

A fúria de Galvão, então, se voltou ao craque argentino e a Cristiano Ronaldo que faltaram à premiação The Best, da Fifa, segundo ele, um gesto de enorme desrespeito ao vencedor, Luka Modric. “O Cristiano sabia que o prêmio seria do Modric, todos nós sabíamos, e por isso não apareceu. E argumentou que não foi porque jogou domingo, pela Juventus, e vai jogar na quarta-feira. Ah, Cristiano, vá ser cara de pau para lá! Nos outros anos todos em que ele foi, tinha jogo no domingo e na quarta e domingo”, esbravejou, segundo o MSN.

“Isso mostra um pouco o que são as estrelas do futebol de hoje. Olham para seus próprios umbigos, sobra arrogância, faltam humildade e caráter do exemplo que eles têm que ser para a juventude, não só de seu país, mas para o mundo inteiro. Mas, acima de tudo é uma profunda falta de respeito com os colegas de profissão. O Cristiano Ronaldo hoje deu um tapa na cara do Modric. É muito ruim e muito triste ver jogadores de futebol se transformando nisso hoje em dia”, cravou.

Os comentaristas Roger, Caio Ribeiro, Muricy Ramalho, Bob Faria e Marco Antônio Rodrigues mantiveram a mesma linha a criticaram o individualismo da dupla. “Nossa crise é mais profunda, Galvão, valores morais estão sendo jogados na lata do lixo. É fanatismo, radicalismo de todo lado, político, religioso, egocentrismo. As pessoas só pensam nelas mesmas…”, afirmou Marco Antônio, apoiado firmemente por Galvão.

25/09/2018