Para quê o garçom te entrega a rolha no restaurante?

Você foi ao restaurante, e pediu um vinho. O garçom traz a garrafa até você, e mostra o rótulo, para que você possa conferir que foi exatamente o vinho que pediu. Você confirma: é esse mesmo. Então, ele pega o saca-rolhas, corta a cápsula da garrafa, tira a rolha, e te entrega. Ora, pra quê? O que se pode inferir dela? Muita gente, sem saber pra quê o garçom lhe entregou a rolha, cheira, sem saber o que esperar.

Pois bem, pra quê o garçom tradicionalmente entrega a rolha ao cliente? Para que ele possa conferir se a rolha vazou, como a da foto abaixo.

Rolha vazada 3

O vinho percorreu toda a altura da rolha, como é possível visualizar na foto acima, e um pouco do que vazou, secou e formou essa coroa tinta ao redor da parte de cima dela. No caso desta, a parte de fora já estava seca, mas poderia até mesmo ainda estar úmida, não importa. É quase certo que, assim como aconteceu com o vinho em questão, ele havia entrado em contato com oxigênio, e estava avinagrado. Não é como se fosse vinagre puro, mas como se tivessem pingado algumas gotas de vinagre dentro da garrafa.

Rolha vazada 2

Qual a chance de isso acontecer? Uma em mil? Uma em dez mil, provavelmente, mas acontece. Acho que foi a primeira vez que vi acontecer. E se isso ocorrer no restaurante, certamente você tem o direito de pedir para trocar a garrafa. Aliás, em um restaurante com serviço sério, com o vinho avinagrado, o sommelier nem deveria esperar o cliente pedir, já levaria a garrafa embora, e traria outra.

Como eu vi na minha visita a uma fábrica de rolhas, a indústria tem investido fortemente na melhoria da qualidade de seu produto, para que esse e outros problemas sejam cada vez mais raros. Mas acontecem, e por isso você ainda pode cruzar o caminho com uma. E se encontrar uma rolha assim, na dúvida, pode recusar a garrafa.